Residentes relatam suas experiências de estágios em Portugal

13:18:00

Em janeiro de 2014 tive a oportunidade de realizar meu estágio optativo do segundo ano de Residência em MFC em Lisboa, na USF Oriente, Unidade que recebe residentes. Fui recebida com muito carinho e atenção por parte de todos os profissionais da Unidade, e passei um tempo muito feliz durante o mês, conhecendo um Sistema de Saúde diferente do nosso, uma especialidade de Medicina Geral e Familiar com algumas diferenças na nossa Medicina de Família e Comunidade tanto na formação quando na prática, com equipes com menos pacientes, sem Agentes Comunitários de Saúde e muitas consultas com enfermeira e médico com integração entre si nos diversos grupos de pacientes. A maioria dos atendimentos que acompanhei foram com o médico André e a enfermeira Mariana, mas além destes profissionais, conheci a organização do Sistema de Saúde local por meio de explanação da enfermeira Carla, expus o funcionamento do Sistema Único de Saúde brasileiro por meio de exposição em powerpoint em Sessão Clínica da Unidade, e acompanhei atendimentos como de nutricionista e visitas domiciliares. Foi também uma oportunidade de conhecer a cidade e outras cidades facilmente acessadas pelos diversos meios de transporte. Julgo ter sido muito proveitosa a vivência naquela Unidade de Saúde e recomendo a quem quiser ter essa oportunidade de experiência. Clarice Smiderle
Realizei meu estágio optativo em Portugal, na cidade do Porto, na Unidade de Saúde Familiar Novo Sentido no mês de fevereiro de 2014. Fui a primeira residente brasileira a realizar o estágio nessa unidade e só tenho a agradecer por essa oportunidade. Foi ótima a experiência de conhecer a estratégia de uma unidade com o trabalho consolidado e desenvolvido há tantos anos. Com isso, trouxe as melhores idéias que pude observar desse trabalho para o Brasil, na tentativa de inserir na minha unidade para aperfeiçoar nosso método de trabalho. Chegando lá, tive o apoio da médica, coordenadora da unidade, Dra. Filomena Corrêa, minha preceptora durante o período do estágio. Sempre muito disponível, se encarregou logo no primeiro dia de me apresentar a todos na unidade. Pude acompanhar a rotina da unidade através da participação de consultas ambulatoriais em conjunto com a Dra. Filomena Corrêa e com alguns de seus internos do primeiro e quarto ano. Com isso, tive a oportunidade de conhecer um método inovador de atendimento durante as consultas. Os médicos possuem horários pré-estabelecidos durante o dia de trabalho e de conhecimento prévio dos usuários para realização de consultas via telefônica. Participei também das visitas domiciliares e percebi que os pacientes que apresentavam necessidade de cuidados diários, tinham assistência todos os dias da semana, incluindo os fins de semana, através dos cuidados de uma equipe multidisciplinar. Presenciei também, uma reunião para atualização técnico-científica, realizada uma vez a cada mês e ministrada pelos residentes. Por fim, ao término do estágio tive que desenvolver um pequeno trabalho, apresentando as principais diferenças observadas do funcionamento das unidades de saúde do Brasil e de Portugal. Recomendo essa oportunidade a todos pelo ganho pessoal e profissional, além da acolhedora recepção pelos colegas de profissão que tornaram a estadia mais proveitosa e prazerosa.Carla Sagradas

VEJA TAMBÉM

0 comentários