Residente da CF Assis Valente, Vagner Ferreira, realiza seu eletivo em Curitiba e na gestão central

07:35:00

Residente: Vagner Pacheco Ferreira  
Clínica da Família Assis Valente
Período:  04/12/2017 à 15/12/2017
Local: Secretaria Municipal de Curitiba – US Pantanal



O residente da CF Assis Valente, Vagner Ferreira optou por fracionar seu eletivo escolhendo a cidade de Curitiba para a primeira quinzena e posteriormente a prática da gestão na Superintendência da Atenção Primária da SMS-RJ. Acompanhe abaixo os relatos das experiências.

Iniciei o estágio optativo na cidade de Curitiba no dia 04/12/2017, tendo sido encaminhado pela coordenadora da Residência em Medicina da Família em Curitiba, Dra Joseane, à Unidade de Saúde(US) Pantanal, e recebido pelo Preceptor André Filipak.
Dados da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba informam que a cidade possui 109 Unidades de Saúde, com 65 já atuando no modelo Saúde da Família, com 241 Equipes de Saúde da Família e 175 Equipes de Saúde Bucal. Atualmente 52% da população de Curitiba tem a cobertura da Estratégia de Saúde da Família. A US Pantanal foi fundada em 2005, contando com 2 Equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF), para uma população em torno de 3000 pessoas, sendo considerada a segunda região em vulnerabilidade social em Curitiba, com 16 profissionais compondo as 2 equipes da ESF, além do apoio de 1 psicóloga, 1 fisioterapeuta e 1 nutricionista, que vão à US 1 vez por semana. Para as 2 equipes temos apenas 1 médico, mas devido cobertura ao número de pessoas adequada, com apenas 1 médico para as 2 Equipes se consegue fazer o trabalho assistencial muito bom, com média de 40 consultas/dia, com apoio dos Residentes em Medicina da Família.
A Residência Médica foi iniciada na unidade em 2014, no momento contando com 3 Residentes médicos, sendo 2 R2 e 1 R1. Os Residentes de MFC no primeiro ano ficam numa clínica, com escolha no início do curso, mas no R2 eles precisam mudar para outras US, a fim de vivenciarem realidades diferentes.  A US também tem internos de medicina da Universidade Federal do Paraná (UFPR) fazendo estágio, no momento tínhamos dois, o Lucas e a Jéssica. Após apresentação das instalações da US iniciamos a rotina na clínica, primeiramente acompanhando o Preceptor em consultas médicas e depois já fazendo os atendimentos e procedimentos ambulatoriais de rotina, como o pré-natal e casos de demanda aguda. Fizemos também Visitas Domiciliares,  momentos em que aproveitamos para conhecer melhor a comunidade, que apesar de sua vulnerabilidade social, tem a maioria das residências com edificações adequadas e sem grande aglomeração. Quanto à violência, também é uma área tranquila, apresenta a presença do tráfico de drogas, mas de maneira discreta e sem confrontos. No dia 15/12/2017 terminei o estágio optativo em Curitiba, que foram muito importantes para enriquecer ainda mais a minha vivência na Atenção Primária à Saúde (APS), pois pude presenciar a rotina numa US em que a população adstrita para a Equipe está de acordo com o que preconiza o Ministérios da Saúde, de no máximo 4000, com isso consegue-se fazer uma vigilância maior e um acesso avançado de qualidade. Outro fator que me chamou a atenção foi que a área, apesar de ser a segunda em vulnerabilidade em Curitiba, tinha condições de moradias muito boas, com ruas ainda na sua maioria sem asfalto, mas com saneamento básico adequado, o que demonstra a grande discrepância entre as regiões do Brasil. Pude ter a companhia de pessoas incríveis, que realmente tem comprometimento com um SUS de boa qualidade.

US Pantanal


                                            Relação dos membros da US Pantanal
Instalações da US Pantanal


Residências no Bairro  Pantanal
---------------------------------------------------------------------------
Estágio optativo realizado de 18/12/2017 à 29/12/2017

Superintendência de Atenção Primária do Município do Rio de Janeiro
No dia 18/12/2017 iniciei  o estágio e fui recebido pelo Superintendente de Atenção Primária, Leonardo Graever, mostrando o mapa mental da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro – SMS RJ e orientando a ajudarmos a preparar um fluxograma, cabendo a mim o tema Incontinência Urinária. Às terças-feiras no turno da manhã é realizada na SAP reunião de rotina com a participação dos membros da equipe do setor, para discussão e planejamento da agenda semanal. No dia 26/12/17  a reunião foi sobre o planejamento anual, com fala dos responsáveis pelos Consultórios de Rua, Academias Cariocas e Mais Médicos\Bolsa Família\Cartão Carioca, com metas a serem trabalhadas para o ano de 2018.Também participei de uma reunião realizada quinzenalmente, às terças-feiras, com a participação da SUBHUE, para discutir a Saúde da mulher, onde são levantados problemas afins às unidades hospitalares e da atenção primária, com o propósito de tentar amenizar o impacto da mortalidade materna e outros assuntos referentes à mulher. No dia 27/12/2017 participamos de uma reunião em que está planejando a Educação Continuada para os profissionais da SMS-RJ, com a criação inicial do Grupo de Trabalho(GT), que dará início a esse importante processo, que visa melhorar a qualidade técnica de seu pessoal e um melhor atendimento à população do RJ. Apesar de pegar um período com menor pressão de demanda na SMS, antecedendo ao Natal e Ano Novo, fato que limitou um pouco acompanharmos de mais atividades, valeu muito a experiência de poder presenciar a rotina na gestão, com pessoas sérias e engajadas diuturnamente para que possamos ter uma Atenção Primária à Saúde de boa qualidade, tendo sido de suma importância para mim, que gosto do assunto gestão, ter esta vivência na SAP. 

Reunião semanal SAP 

VEJA TAMBÉM

0 comentários